Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018 Diário Oficial Fale Conosco
Buscar todas as notícias

23/1/2009 - 13:13
ESCOLA MUNICIPAL DE DANçAS - GRUPO DE BAILE ESPANHOL/DANçA FLAMENCA RECEBE CONVITE PARA BRILHAR NO EXTERIOR

Convite do Governo da Bolívia/ Associação de Professores de Dança (Prodanza) é para apresentação especial na abertura do Festival Nacional de Cochabamba

O professor, bailarino e diretor da Escola Municipal de Danças de Telêmaco Borba, Renán Castellón, recebeu convite do Governo da Bolívia para apresentação especial na abertura do Festival de Dança Nacional de Cochabamba/Bolívia, com possibilidade de mais duas apresentações – uma em La Paz (Capital) e outra em Santa Cruz de La Sierra (quase na fronteira com o Brasil).

O Grupo de Baile Espanhol (Dança Flamenca) da Escola Municipal de Danças de Telêmaco Borba poderá demonstrar a arte e o talento de Telêmaco Borba, do Paraná e do Brasil na cidade boliviana, na segunda quinzena do mês de abril deste ano. “Ficamos honrados e queremos assumir esta grande responsabilidade, levando um espetáculo grandioso”, comenta Castellón, profissional renomado no Brasil e exterior ((Veja currículo no box abaixo – “Patrimônio vivo da Dança”). A intenção é levar na apresentação especial obras clássicas de “Dança-Teatro”, como “Bodas de Sangre – de Federico Garcia Lorca”, entre outras do folclore espanhol mostrando encenação teatral do bailado espanhol, com Dança Flamenca.

De acordo com ele, desafios são oportunidades e, de imediato, Telêmaco terá dois para superar. Primeiro, acertar agenda com os 16 integrantes do grupo local, mais equipe de apoio, uma vez que as 12 bailarinas e 4 rapazes trabalham, por isso os ensaios acontecem de segunda a sexta-feira, a partir das 19h30 até 22h30h. Já, o segundo desafio será buscar patrocínio. “A Prefeitura dará apoio, mas o custo é bem alto, vamos necessitar de todo patrocínio que pudermos obter”, declarou o professor.

O Governo da Bolívia, segundo Renán, custeia a hospedagem, alimentação, transporte dentro do País, mas as passagens, mais custos dos detalhes da apresentação telemacoborbense (preparo de iluminação e sonoplastia) “são por nossa conta”. Um investimento mínimo total de aproximadamente U$ 800 dólares por pessoa, ou um investimento em reais de quase R$ 30 mil com dólar baseado em R$ 2, 34, calcula Castellón.

O secretário municipal de Cultura, Amauri Pukanski, explicou que a Prefeitura dará apoio, mas não tem como arcar com suporte financeiro total para o evento internacional. “Faremos o que pudermos dentro das condições que temos, porque valoriza o trabalho profissional que é feito em nosso município, de forma gratuita, à população, sem contar a demonstração de Telêmaco, do Paraná e do Brasil lá fora”.

Os bailarinos permanecem no esforço, além de ensaios diários de dança e das partes cênicas. “A gente mistura um amor muito grande à dança, à cultura, com empenho e dedicação de todos, porque essa oportunidade é incrível, precisamos de ajuda e estamos motivados a conseguir mais esta façanha”, disse a bailarina, mãe e bancária, Ane Cristina Correia.

No que os colegas de bailado, como Maurício Reis, resumiu, em nome dos demais componentes do grupo. “Faremos o possível para um resultado grandioso como o que temos aqui, pois representa um trabalho de dedicação, paixão mesmo, afinco, reconhecido em Telêmaco, no Paraná, no Brasil e no exterior”, contou o dentista.

Agora, o esforço segue para levar a arte e o talento de Telêmaco Borba, do Paraná e do Brasil até a Bolívia. E que bons ventos soprem para que a iniciativa seja positiva.

ESCOLA MUNICIPAL DE DANÇAS

Renán Castellón, que é boliviano, já participou de oficinas de danças clássica e espanhol e palestras durante a realização do festival, em Cochabamba, representando o município no Festival de Dança de Cochabamba, na Bolívia, no ano passado, quando também foi homenageado pela sua paixão pela arte da dança por grupos da Associação de Professores de Dança (Prodanza), o que lhe valeu, agora, a participação especial na abertura do Festival Nacional de 2009.

A Escola Municipal de Danças, da Prefeitura e Secretaria de Cultura, Esportes e Recreação (SMCER), qualifica aproximadamente 300 alunos e alunas por ano, nas aulas gratuitas, promovidas na Casa da Cultura.

O professor, que está no município há 28 anos, reforçou a paixão que sente pela dança. “É minha vida, o ar que respiro, e eu não saberia viver sem essa arte”, acrescentou. Castellón ressaltou que atualmente não dança mais, entretanto, continua repassando para os alunos o que aprendeu durante toda a vida. “Na Escola de Dança Municipal temos aproximadamente 300 alunos e procuro ensinar tudo o que aprendi para que os futuros bailarinos não cometam os erros que cometi”, disse o professor enfatizando que a dança é uma profissão.

A Escola Municipal de Danças já formou inúmeras bailarinas e obtém desempenho em concursos competitivos paranaenses e brasileiros, tornando-se uma referência nos Campos Gerais. Por três anos consecutivos, conseguiu alcançar os primeiros lugares tanto na Dança Espanhola quanto Clássica e Contemporânea.

Entre companhias nacionais, obteve dois primeiros lugares na Flamenca, segundo na Clássica Amadora e terceiro na Clássica Avançada, no Festival de Dança de Ibiporã, em maio de 2008. Em 2007, ficou com o primeiro lugar num dos principais festivais do País, o Blumenau em Dança.

”PATRIMÔNIO VIVO DA DANÇA”

Um homem que pode ser resumido como “patrimônio vivo da dança”. Conheça um pouco mais de Renán Castellón – corpo, alma e coração à dança telemacoborbense, de nacionalidade boliviana, é professor e coreógrafo diplomado no Ballet Oficial de La Paz – Bolívia, com formação completa em Dança Clássica e Espanhola. Fez cursos de dança na Argentina e Espanha. Trabalhou com maestros de dança como Graciela Urquidi, Augusto Vasques Saavedra, Ricardo Novich-Rada Schembau, Giachero Angel Pericé, Carmen Bravo, Emma Sintani, Marília Franco, Ismael Guise, Alwin Nicolau, Clay Morgane Yureck Schabelewski e outros.

Como profissional excursionou por vários países, entre eles Argentina, Paraguai, Chile, Colômbia, México, China, Rússia e Tchecoslováquia. Recebeu diversos prêmios, diplomas e troféus nacionais e internacionais. Honra ao Mérito como diretor e professor do Corpo de Baile Oficial de La Paz, melhor profissional do ano, outorgado pelo International American Press de Jornalismo. Também recebeu da Fundação Cultural de Joinvile (SC), o título de Amigo Especial da Dança.

Outros prêmios - Certificado de Psicodança e Musicoterapia da Universidade Federal do PR; Diploma do Stage de La Danza da cidade de Buenos Aires; Seminário de Dançado do Governo do Estado do Paraná (Sesi de Londrina); Palestra a acadêmicos da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) (1993/1994/1996); Diplomas da Secretaria de Estado da Cultura, como professor das Oficinas Integradas de Cultura; Troféu e Diploma Destaque do Ano-94, emitido pelo Jornal Tribuna do Povo.

Em 1983, certificado pela Fundação Teatro Guaíra (professor e coreógrafo); 1987 – Festival de Dança de Chapecó (SC) – (professor e jurado); 1995 – III Festival Bento em Dança (convidado especial); 1996 – Centro Cultural Guaíra (excelência por serviços prestados); 1996 – 21º. ENAF (Oficial de Clássico e Flamenco); 1999 – Universidade Federal do Paraná (UFPR - Domínios Política Cultural); 1998 – 25º. ENAF – Poços de Calda (Special Dance Professor); 2000 – Secretaria de Cultura de Chapecó (SC) (jurado e professor); 2000 – Secretaria do Estado da Cultura do Paraná (Oficina de Flamenco); 2000 – 1ª. Mostra de Dança de Campo Mourão (oficinas); 2001 – 2ª. Mostra de Dança de Campo Mourão (oficinas); 2002 – Fundação Cultural de Ponta Grossa (Setembro em Dança); 2004 – Balé Teatro Guaíra; 2005 – Câmara Municipal de Telêmaco Borba (Título de Cidadão Honorário); 2006 – 1º. lugar de Dança Espanhola e 1º. Clássico em Blumenau (SC); 2007 – Conquistou prêmios de Dança Espanhola, Clássica, Clássica Amador e Adiantado.

A inda, foi diretor e professor do Ballet Oficial de La Paz, reestruturou a Escola Oficial, e atualmente é diretor e professor da Escola Municipal de Danças de Telêmaco Borba.



Últimas Notícias

  • Vagas disponíveis na Agência do Trabalhador – 04/09/2017
  • Gabriel Fly Miranda vence mais uma luta no MMA
  • Prefeitura realizará Leilão de veículos, sucatas, máquinas e equipamentos inservíveis
  • Telêmaco Borba é campeão de Futsal Masculino nos 30º Jogos da Juventude em Ivaiporã
  • EFC e SEJA sagram-se campeões da Taça Cidade de Futsal 2017
  • Buscar todas as notícias
    Imprimir